Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Teodora Cardoso diz que corte da despesa é o caminho mas lamenta "cortes cegos"

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 15 abr (Lusa) - A presidente do Conselho de Finanças Públicas (CFP), Teodora Cardoso, afirmou hoje que o corte das despesas "é obviamente o caminho" para a consolidação orçamental, mas lamentou que os cortes já realizados tenham sido "cegos".

"[O corte da despesa] é obviamente o caminho. Foi pena não se terem tomado decisões de outra forma que tivessem evitado este solavanco. Uma vez que ele aconteceu, espero que se tenha ganho mais tempo", afirmou a economista, à margem de uma conferência em Lisboa.

Teodora Cardoso disse que um dos problemas de Portugal tem sido o facto de o país "ter sido obrigado a fazer um ajustamento muito rápido em despesas que foram crescendo ao longo de muitos anos, sem haver verdadeiramente um grande discernimento quanto à gestão destas despesas".