Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Temos de vender a mercadoria um pouco mais cara do que quando ela entra no armazém" - Presidente do BPI

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 06 nov (Lusa) - O presidente do BPI, Fernando Ulrich, voltou hoje a criticar a "fixação" de certos setores sobre a atuação dos bancos em relação ao crédito à economia, particularmente aos juros que pratica.

Fernando Ulrich, que falava em Lisboa no X Fórum da Banca promovida pelo Diário Económico, fez questão de frisar que o setor da banca não é muito diferente de outro negócio, ou seja, "vender a mercadoria um pouco mais cara do que quando ela entra no armazém" e ressalvando que todos os bancos têm tido "um papel absolutamente notável na gestão e na canalização para a economia portuguesa das linhas de crédito internacional",

Fernando Ulrich reafirmou que até se "pode arranjar um bode expiatório", referindo-se que "os bancos é que têm culpa ou que não dão crédito", mas o problema é que "não se estuda a fundo os problemas da economia portuguesa".