Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Teixeira dos Santos garante que PEC4 teria evitado o resgate financeiro

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 11 jan (Lusa) -- O antigo ministro das Finanças Teixeira dos Santos defendeu hoje que o Programa de Estabilidade e Crescimento 4, cujo chumbo levou à queda do Governo de José Sócrates, teria permitido a Portugal enfrentar as dificuldades e evitar o resgate financeiro.

"Foi a rejeição do PEC 4 que precipitou a crise de financiamento", afirmou hoje Teixeira dos Santos, na comissão parlamentar de inquérito às parcerias público-privados (PPP), em que acabou por fazer um balanço do período em que integrou o Governo de José Sócrates.

Questionado pelo PSD sobre as suas responsabilidades no estado das Finanças do país, como secretário de Estado do Tesouro do Governo de António Guterres e depois como ministro das Finanças de José Sócrates, Teixeira dos Santos recordou que "houve um programa, chamado PEC 4, que teria permitido ao país enfrentar as dificuldades que tinha na altura".