Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Taxas de juro já foram cortadas mais de 500 vezes desde o início da crise financeira

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 11 mai (Lusa) - Os bancos centrais de todo o mundo já cortaram as taxas de juro mais de 500 vezes desde junho de 2007, de acordo com uma contabilização feita pelo Bank of America, e citada hoje pela agência financeira Bloomberg.

De acordo com o Bank of America, a descida da taxa de juro na sexta-feira pelo banco central da Coreia do Sul foi o 511º corte, e desde então já o Vietname e o Sri Lanka anunciaram a intenção de descer a principal taxa de juro do país, num contexto em que o Banco Central Europeu colocou este mês a taxa de juro diretora no mínimo histórico de 0,5%.

A notícia surge no dia em que os ministros das Finanças do Reino Unido, Estados Unidos, Alemanha, Canadá, França, Itália e Japão, juntamente com os governadores dos bancos centrais e a diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, recomeçam uma reunião de dois dias num luxuoso hotel do condado de Buckinghamshire, a norte de Londres, que começou na sexta-feira.