Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sucessivos governos têm promovido a fraude e evasão fiscais dentro do Estado - Bastonário dos TOC

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 13 nov (Lusa) -- O bastonário dos técnicos de contas acusou hoje os sucessivos governos de promoverem a fraude e evasão fiscais dentro do Estado ao manterem as contas públicas "desorganizadas" e sem fundamentação dos gastos.

"Ao não cumprirem a lei, ao não fundamentar as despesas, são os próprios órgãos do Estado que contribuem para a fraude e evasão fiscal" no país, afirmou em entrevista à Lusa o bastonário da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas (OTOC), Domingues Azevedo.

A Ordem elaborou este ano um estudo sobre a contabilidade pública em Portugal, que entregou há cerca de um mês ao primeiro-ministro, no qual recomenda ao Governo uma alteração ao atual modelo que diz "não permitir medir a eficiência" das contas públicas.