Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Subsídios: Veto limita as opções do Governo - diretor executivo da CCP

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 6 jul (Lusa) - O diretor executivo da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP) considerou hoje que o veto do Tribunal Constitucional ao corte dos subsídios dos funcionários públicos limita as opções do Governo.

José António Cortez falava aos jornalistas à margem do seminário sobre "Austeridade e Crescimento", que decorreu hoje na sede do Conselho Económico e Social (CES), entidade que organizou o evento.

"O veto do Tribunal Constitucional é preocupante no sentido que limita claramente as opções do Governo, mas de facto salienta que a consolidação está a ser feita toda com base na redução das despesas de pessoal. Vamos ter no primeiro semestre três quartos da consolidação da redução da despesa a ser apenas nos funcionários públicos".