Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Subsídios: Governo procura alternativas que gerem "maior consenso político e social" - Vítor Gaspar

Lusa economia

  • 333

Bruxelas, 10 jul (Lusa) -- O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, declarou hoje em Bruxelas que o Governo vai procurar alternativas ao corte dos subsídios de Natal e férias que gerem o "maior consenso político e social" possível em Portugal.

"O Governo português está a estudar medidas de igual impacto orçamental para que sejam incluídas na proposta de lei do Orçamento do Estado para 2013 (...) e irá procurar garantir que essas medidas merecem o maior consenso político e social possível em Portugal, sendo que será igualmente necessário discutir as várias alternativas com os parceiros internacionais", disse aos jornalistas no final de uma reunião dos ministros das Finanças da zona euro (Eurogrupo).

Vítor Gaspar explicou aos colegas europeus o chumbo recente do Tribunal Constitucional, que declarou na passada quinta-feira a inconstitucionalidade da suspensão do pagamento dos subsídios de férias ou de Natal a funcionários públicos ou aposentados, mas determinou que adecisão não tem efeitos este ano.