Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sindicato acusa SATA de marcar faltas injustificadas aos grevistas

Lusa economia

  • 333

Ponta Delgada, 25 abr (Lusa) -- O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) acusou hoje a administração da transportadora aérea SATA de "estar a marcar faltas injustificadas" aos trabalhadores que fazem greve, numa "violação gravissima de um direito constitucional".

"Chegou ao nosso conhecimento que a SATA está a marcar faltas injustificadas a colegas nomeados para assistência. Esta atitude injustificada por parte da SATA colide com o direito constitucional que todos temos à greve", indica o presidente do sindicato, Rui Luís, em comunicado.

Alertando para "mais uma tentativa da administração do Grupo SATA de boicotar a greve dos seus funcionários", o SNPVAC frisa que "todos os tripulantes devem tranquilizar-se quanto a este assunto, pois todas as faltas originadas por aderirem a esta greve serão justificadas" pelo "exercício desse mesmo direito".