Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Secretismo" nos contratos dificultam exploração de carvão em Moçambique

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 23 fev (Lusa) -- O "secretismo" em torno dos contratos, transportes deficientes e a falta de quadros qualificados são as dificuldades apontadas pela organização European Parlamentarians With Africa (AWEPA) sobre a produção de carvão e gás natural em Moçambique.

De acordo com o mais recente boletim da AWEPA, Moçambique tem reservas que podem levar o país a atingir a lista dos dez maiores produtores de carvão e o grupo dos vinte maiores produtores de gás natural de todo o mundo nos próximos anos mas verificam-se "questões centrais" que devem ser resolvidas pelo governo moçambicano.

"O secretismo em volta das negociações e dos contratos assinados entre o governo e as empresas extrativas" é um dos problemas apontados pelo relatório que refere igualmente "a falta de quadros qualificados" nos diferentes ministérios e a incapacidade do executivo em monitorizar as empresas de "forma independente".