Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Secretária de Estado do Tesouro "não tem condições para continuar" - Bloco de Esquerda

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 22 jun (Lusa) - O Bloco de Esquerda considerou hoje que a secretária de Estado do Tesouro "não tem condições para continuar no cargo" nem deveria liderar a renegociação dos 'swaps', uma vez que foi responsável por contratos prejudiciais para o Estado.

Numa declaração aos jornalistas após a reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, em Lisboa, o coordenador do partido João Semedo disse que "é inaceitável que seja a própria secretária de Estado [Maria Luís Albuquerque] a negociar em causa própria".

De acordo com documentos enviados à comissão de inquérito, a que a Lusa teve acesso, Maria Luís Albuquerque foi responsável pela direção financeira da Refer entre 2002 e 2007, altura em que foram contratados cinco contratos 'swap', dos quais quatro resultaram em perdas financeiras para a empresa.