Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Se PR tinha dúvidas sobre OE2013 não o devia ter promulgado - Arménio Carlos

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 02 jan (Lusa) -- O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, criticou hoje o pedido de fiscalização sucessiva do Orçamento de Estado, alegando que, se o Presidente da República tinha dúvidas, devia ter vetado o documento.

"O Presidente reconhece que estamos numa fase de política recessiva, com redução dos rendimentos das famílias, com redução da proteção social, mas depois promulga um orçamento que devia vetar", afirmou em declarações à Lusa.

Ao promulgar o Orçamento de Estado para 2013 (OE2013), Cavaco Silva tornou-se "cúmplice de uma política de desastre que não só põe em causa a qualidade de vida e o bem-estar dos portugueses e de todos aqueles que vivem e trabalham em Portugal, como vai gerar mais pobreza, mais exclusão e acentuar a fome em Portugal", disse.