Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Salvação das PME de construção passa pelos mercados de língua portuguesa -- Congresso

Lusa economia

  • 333

Coimbra, 18 dez (Lusa) - A salvação das PME do setor da construção civil passa pela aposta nos mercados internacionais de língua portuguesa, associadas a instituições de desenvolvimento tecnológico, disse hoje um dos promotores do 4º Congresso da Construção que decorre em Coimbra.

"As empresas devem apostar na inovação e desenvolvimento tecnológico, associarem-se com universidades e centros de investigação para que possam criar novos produtos, novas soluções construtivas algo que neste momento são oportunidades até para conseguirem entrar nos mercados estrangeiros", disse à agência Lusa António Tadeu, do ItCons, entidade promotora da iniciativa.

Frisando que o debate sobre os desafios que se colocam às empresas portuguesas é um dos temas em análise no congresso, que hoje começou e termina quinta-feira, no Departamento de Engenharia Civil da Universidade de Coimbra, o especialista indicou países de língua portuguesa como Angola, Moçambique ou Brasil, entre outros, "que podem ser muito úteis" para a internacionalização da construção nacional.