Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Reitores vão seguir normas da tutela, mas insistem em reposição de verbas

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 28 ago (Lusa) -- O Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP) recomendou às universidades que elaborem os orçamentos de acordo com as disposições da tutela, mas insiste na necessidade de libertar verbas cativadas em 2013 e na reposição do 14.º mês.

"O CRUP recorda, no âmbito do orçamento de 2013, a necessidade de se proceder à descativação dos 2,5 por cento sobre as remunerações certas e permanentes, bem como o ressarcimento integral do 14.º mês, decisões que, se não forem adotadas, introduzirão ruturas na gestão financeira das universidades " ainda este ano, lê-se numa posição escrita hoje divulgada.

Face ao esclarecimento do Ministério da Educação e Ciência (MEC) sobre os orçamentos das instituições de ensino superior -- após contestação dos reitores -- o CRUP decidiu dar orientações às universidades no sentido de elaborarem os documentos "em conformidade com a orientação recebida da Direção-Geral de Planeamento e Gestão Financeira" (DGPGF) a 21 de agosto.