Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Receitas tributárias sobem 8,6% em Angola no primeiro trimestre

Lusa economia

  • 333

Luanda, 15 jul (Lusa) - As receitas tributárias da importação de produtos para Angola aumentaram 8,6% no primeiro trimestre, para 495 mil milhões de kwanzas (3,9 mil milhões de euros), com Portugal a liderar a lista dsa exportações para aquele país.

De acordo com o Jornal de Angola, que cita fontes oficiais, a mercadoria mais importada foi a farinha de trigo e mistura de trigo com centeio, com 1,7% do total, seguindo-se os veículos automóveis novos de cabine dupla (1,5%), pedaços e miudezas congeladas de galo e galinha (1,5%), arroz (1,3%), óleo de palma e respectivas fracções (1,3%), veículos utilitários desportivos de cilindrada superior a 1500 centímetros cúbicos (1,3%) e partes de máquinas de sondagem ou de perfuração (1%).

Portugal lidera a lista dos principais países de origem das mercadorias exportadas para Angola, com cerca de 103 mil milhões de kwanzas (818 milhões de euros), que correspondem a 20,8% do volume total, seguido pela China e Estados Unidos, com 14,9 e 6,8%. Entre os países mais procurados por negociantes de Angola estão Brasil, África do Sul, Emirados Árabes Unidos, Bélgica, França e Reino Unido, sendo que os 20 países mais exportadores representam 88,3% do valor aduaneiro total, ainda de acordo com o Jornal de Angola.