Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Quem vende empresas não deve ter pressa - Carlos Costa Pina

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 06 dez (Lusa) - O antigo secretário de Estado do Tesouro de José Sócrates, Carlos Costa Pina, afirmou hoje que "quem vende não tem pressa", defendendo que "há que refletir", se se considerar que as condições do mercado para privatizar empresas "não são favoráveis".

Relativamente aos prazos definidos para a privatização de empresas públicas, Costa Pina disse, na conferência "As privatizações não se discutem?", em Lisboa, que "quanto mais pressão se colocar ao nível do prazo, mais difícil se torna obter as melhores condições de financiamento e, com isso, assegurar a competitividade do projeto".

Já à margem do colóquio, em declarações aos jornalistas, o ex-governante referiu que "um dos critérios absolutamente essencial" no memorandos de entendimento com os credores internacionais foi "acautelar as operações de privatização, tendo em conta as condições adequadas de mercado para as poder realizar".