Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Quase não vendemos dívida portuguesa o ano passado" - Presidente do BCP

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 01 fev (Lusa) - O presidente do BCP, Nuno Amado, disse hoje que o banco vendeu pouca dívida portuguesa em 2012 porque apesar dos 4,7 mil milhões de euros detido o objetivo é manter essa carteira até à maturidade.

"Não vendemos dívida pública portuguesa quase nenhuma o ano passado", disse hoje Nuno Amado, na Comissão parlamentar de Orçamento em Finanças, em resposta a uma pergunta do Partido Socialista.

O banqueiro disse que isto aconteceu porque a maior parte dos 4,7 mil milhões de euros em dívida portuguesa detidos pelo BCP (mais de três mil milhões de euros em obrigações a longo prazo), "boa parte da carteira está a vencimento", ou seja, o banco não a está a transacionar, preferindo esperar pelo vencimento da dívida.