Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

QREN: Autarca de Torres Vedras contesta perda de fundos comunitários após reavaliação de prioridades

Lusa economia

  • 333

Torres Vedras, 25 jun (Lusa)- O presidente da Câmara de Torres Vedras contestou hoje a perda de fundos comunitários pelo município, após a reavaliação das prioridades pelo Governo, o que deixa comprometidas obras como duas escolas e o Polis da cidade.

"Constata-se que o Estado não é sério porque a câmara tinha contratos assinados com o Estado e o Governo rasga-os, o que é inconcebível", afirmou à agência Lusa Carlos Miguel (PS), segundo o qual o município perde um milhão de euros de fundos comunitários já garantidos pelo Governo.

O autarca explicou que a câmara deixa de receber verbas para quatro projetos, com fundos comunitários já contratualizados e concursos lançados.