Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PS nega que país esteja na hora do investimento e acusa Governo de propaganda fiscal

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 23 mai (Lusa) - O PS contrariou hoje a tese do ministro das Finanças de que Portugal está na hora do investimento, alegando que o país vive antes num quadro de desconfiança e com um Governo sem credibilidade.

Esta posição foi assumida pelo membro do Secretariado Nacional do PS Eurico Brilhante Dias, após os ministros de Estado e das Finanças, Vítor Gaspar, e da Economia, Álvaro Santos Pereira, terem apresentado um conjunto de medidas de estímulo à economia, entre elas o Crédito Fiscal Extraordinário ao Investimento (CFEI).

Uma medida que poderá, no limite, reduzir a taxa efetiva de IRC para 7,5% face aos atuais 25% a que são tributadas as empresas.