Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PS acusa Governo de promover despedimento "massivo" na função pública

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 11 jul (Lusa) - O deputado do PS, Nuno Sá, acusou hoje o Governo de estar a acionar um despedimento "massivo" na função pública ao avançar com o aumento do horário de trabalho e a requalificação no Estado.

"Esta peça é o turbo que faltava no motor do despedimento massivo em Portugal. Aos milhares [de despedimentos] que vocês geraram no privado querem agora criar condições para milhares de desempregados na função pública", acusou o deputado numa intervenção proferida no Parlamento.

Nuno Sá dirigia-se ao Governo e, em particular, ao secretário de Estado da Administração Pública, Hélder Rosalino, no âmbito da discussão das propostas de lei sobre o aumento do horário de trabalho de 35 para 40 horas no Estado e a requalificação de funcionários públicos, que o executivo quer aplicar ainda durante o verão.