Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Programa da 'troika' não contribui para o reequilíbrio da estrutura produtiva" - João Ferreira do Amaral

Lusa economia

  • 333

Porto, 20 nov (Lusa) -- O economista João Ferreira do Amaral disse hoje no Porto não acreditar que o programa de ajustamento económico que está a ser implementado em Portugal tenha resultados benéficos em termos de "reequilíbrio verdadeiro" do país.

Questionado pelos jornalistas sobre as declarações do ministro das Finanças na sequência da sexta avaliação do programa de ajuda externa, Ferreira do Amaral considerou que "o problema de fundo do nosso desequilíbrio não é tanto a questão financeira, essa é mais um efeito do que a causa, a causa profunda é o desequilíbrio da estrutura produtiva".

"O reequilíbrio financeiro que se tenta forçar pode obter um resultado ótimo no imediato, mas terá sempre na base o desequilíbrio da estrutura produtiva e, portanto, de novos desequilíbrios no futuro", disse Ferreira do Amaral, que falava à margem do seminário internacional "Floresta e Sociedade" a decorrer no Porto.