Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Probabilidade de S&P cortar 'rating' nos próximos 12 meses é superior a um terço

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 05 jul (Lusa) - A agência Standard and Poor's, que cortou as perspetivas do 'rating' de Portugal para negativo devido à crise política, considera que a probabilidade de baixar a nota atribuída ao país nos próximos 12 meses é superior a um terço.

Em comunicado hoje emitido, a agência de notação financeira explica que a decisão reflete a sua interpretação de que "há agora uma probabilidade maior do que 1 em 3" de que a Standard and Poor's possa rever em baixa o 'rating' de Portugal nos próximos 12 meses.

A instituição mudou hoje de estável para negativo as perspetivas sobre o 'rating' da dívida de longo prazo de Portugal, defendendo que as demissões no Governo "dificultam as negociações na coligação" em relação ao corte na despesa pública, mas manteve o 'rating' em 'BB', o segundo nível da escala já considerada como 'lixo'.