Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Privados em Angola vão enfrentar "clima empresarial adverso" - Economist Intelligence Unit

Lusa economia

  • 333

Londres, 25 set (Lusa) - O setor privado angolano vai enfrentar um "clima empresarial adverso" por causa da falta de reformas e do estrangulamento proveniente do setor público, prevê a Economist Intelligence Unit (EIU) no relatório 'Economic Overview'.

No documento, a que a Lusa teve acesso, os peritos económicos do mesmo grupo empresarial da revista The Economist consideram que "o desenvolvimento de um setor privado dinâmico vai ser ainda mais dificultado pelo capital humano débil, pelo sistema judicial com falhas, regulação ineficaz, corrupção e pelo estrangulamento das empresas privadas pelo setor público".

A isto junta-se, de acordo com a análise feita pelos técnicos da EIU, um "ambiente empresarial adverso" que resulta também da falta de reformas e da taxa de câmbio sobrevalorizada, que "restringe os investimento fora da área dos hidrocarbonetos e da construção".