Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidente do Deutsche Bank diz que taxas de juro tão baixas não são saudáveis

Lusa economia

  • 333

Berlim, 11 mai (Lusa) - O presidente do Deutsche Bank, Juergen Fitschen, criticou hoje as baixas taxas de juro decretadas pelo Banco Central Europeu na semana passada, considerando que "a liquidez barata não é saudável".

Numa entrevista que será publicada no domingo no alemão Frankfurter Allgemeine Sonntagszeitung, o responsável de um dos maiores bancos europeus sublinha que "a liquidez barata do banco central não é saudável" e afirma que a Europa deve "chegar às reais taxas de juro positivas tão breve quanto possível".

Na semana passada, o BCE baixou a taxa de juro diretora para o valor mais baixo de sempre, nos 0,5%, numa altura em que a inflação na zona euro estava, em abril, situada nos 1,2%.