Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presidente da Associação Portuguesa de Bancos diz que há falta de procura de crédito

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 18 abr (Lusa) - O presidente da Associação Portuguesa de Bancos garante, em reação às declarações do primeiro-ministro sobre a falta de apoio dos bancos às empresas, que há pouca procura de crédito e que os bancos até têm interesse em emprestar.

Faria de Oliveira esteve hoje na apresentação do portal de educação financeira 'Boas Práticas, Boas Contas', que decorreu em Lisboa, e referiu-se diretamente a um dos temas que tem estado na ordem do dia para afirmar que na sequência da crise passou a "haver falta de procura de crédito" em Portugal.

Já à margem do evento, em declarações aos jornalistas, Faria de Oliveira - que garante não ter ficado "perplexo com as palavras de Passos Coelho - explicou que depois do segundo semestre de 2011, com a necessidade de desalavancagem da banca (desendividamento), o setor abrandou a concessão de empréstimos, mas que hoje "não há qualquer constrangimento" e que os "bancos estão preparados para conceder crédito à economia".