Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Prazo para contribuintes responderem às notificações do IUC "é insuficiente" - Domingues Azevedo

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 19 jun (Lusa) - O bastonário da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas (OTOC) criticou hoje o governo por falta de esclarecimento às alterações ao Imposto Único de Circulação, e considerou "insuficiente" o novo prazo dado aos contribuintes para responderem às notificações.

O que se está a passar nas Finanças com o Imposto Único de Circulação (IUC) "é uma situação típica de como o Estado não deve agir sobre a vida dos cidadãos", disse o bastonário Domingues Azevedo à margem da conferência "E se Portugal sair do euro? ", co-organizada pela OTOC e pelo Diário Económico, que se realizou em Lisboa.

"O que falha [neste caso] é o dever de informação que o Estado tem perante os cidadãos", sublinhou, acerca das queixas dos contribuintes em relação à cobrança do Imposto Único de Circulação, o antigo selo do carro.