Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Povoação das Ilhas Salomão matou 700 golfinhos devido a disputa económica com ONG

Lusa economia

  • 333

Sidney, Austrália, 24 jan (Lusa) -- Uma povoação pesqueira das Ilhas Salomão, no Pacífico Sul, matou pelo menos 700 golfinhos devido a uma disputa económica com um grupo ambientalista, revela a imprensa local.

Os habitantes de Fanalei atuaram em represália contra a Organização Não Governamental norte-americana Earth Island Institute alegadamente por esta não ter cumprido o pagamento de uma elevada soma de dinheiro em troca do abandono das práticas tradicionais de caça aos golfinhos.

"A população afirma que a matança foi encetada porque o grupo ambientalista violou o memorando de entendimento em que disponibilizava pagamentos em dinheiro para projetos de desenvolvimento", disse o presidente da associação Fanalei, Atkin Fakaia.