Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal/Cabo Verde: Passos Coelho "abençoou" barragem da Faveta

Lusa economia

  • 333

Faveta, Cabo Verde, 03 dez (Lusa) - A barragem da Faveta não tem a dimensão da do Alqueva, em Portugal, mas vai permitir a irrigação de grande parte do interior da ilha de Santiago, em água potável e para a agricultura, devendo estar terminada dentro de um ano.

As obras foram visitadas hoje pelo primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho, que, acompanhado pelo homólogo cabo-verdiano, José Maria Neves, que pôde assistir à edificação de uma infraestrutura que, com verbas da cooperação portuguesa, poderá permitir criar 16.000 postos de trabalho diretos e indiretos, além dos ganhos energéticos e agrícolas.

A infraestrutura está situada próximo da localidade homónima, no concelho de São Salvador do Mundo, interior de Santiago, e é uma das quatro que o Governo de Cabo Verde está a construir na ilha, em que as obras de três delas estão a cargo da sucursal cabo-verdiana da empresa portuguesa Monte Adriano e a quarta da Conduril, também portuguesa.