Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal/Angola: Fim da "parceria estratégica" surge em momento de viragem da balança comercial

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 15 out (Lusa) - O fim da anunciada "parceria estratégica" entre Lisboa e Luanda surge num contexto de forte aumento das importações por Portugal e de significativo abrandamento das exportações, com a balança comercial portuguesa do primeiro semestre a passar a negativa.

O saldo da balança comercial de bens entre Portugal e Angola passou para 180 milhões de euros negativos no primeiro semestre deste ano, invertendo os 456 milhões positivos conseguidos nos primeiros seis meses de 2012, de acordo com os dados compilados pela Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), divulgados pela Lusa em agosto.

O principal responsável pela inversão do saldo da balança comercial de bens entre Portugal e Angola foi o volume das importações, que quase duplicaram, passando de 855 milhões de euros para quase 1,6 mil milhões nos primeiros seis meses deste ano, o que revela uma subida de 86,4%.