Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal vê potencial do agronegócio em Cabo Verde apesar de constrangimentos

Lusa economia

  • 333

Cidade da Praia, 14 mar (Lusa) - Portugal e as empresas portuguesas veem com bons olhos as potencialidades do agronegócio em Cabo Verde, apesar dos ainda muitos constrangimentos, admitidos pelo próprio Governo cabo-verdiano.

A constatação foi feita hoje à agência Lusa pelo embaixador de Portugal na Cidade da Praia, Bernardo Lucena, pela ministra do Desenvolvimento Rural cabo-verdiana, Eva Ortet, e pelo presidente da empresa portuguesa WinResources, Davide Freitas, à margem de um seminário na Cidade da Praia sobre os desafios do setor no país.

Eva Ortet lembrou as potencialidades de um setor que vai beneficiar diretamente da Agenda Verde definida pelo Governo cabo-verdiano, que prevê a construção de 17 barragens e mais de meia centena de diques e uma centena de perfurações para mobilizar água, sobretudo a das chuvas.