Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal deveria renegociar ou denunciar acordo com a 'troika' -- Eurosondagem

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 18 mai (Lusa) -- Portugal deveria renegociar profundamente ou denunciar o memorando de entendimento com a 'troika' e procurar alternativas, defendem mais de 80% dos inquiridos no estudo de opinião efetuado pela Eurosondagem para o Instituto Europeu da Faculdade de Direito de Lisboa.

Questionados sobre o que Portugal devia fazer face às negociações/imposições da 'troika' (Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu), 41,5% dos inquiridos defenderam a denúncia do memorando, 41% a renegociação do memorando e apenas 10,8% entenderam que deve ser cumprido o acordo.

Quase metade dos inquiridos (47,8%) considera que o acordo não devia ter sido assinado e 45,4% entendem que o relacionamento entre a 'troika' e o Governo tem-se caracterizado por uma cedência excessiva do executivo.