Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal a pagar mais para se endividar nos prazos mais curtos e menos nos mais longos

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 16 jul (Lusa) - Portugal teve de pagar mais para se endividar nos prazos mais curtos, mas pagou menos nas maturidades mais longas, na colocação de 10.500 milhões de euros em Bilhetes do Tesouro desde o início deste ano.

O IGCP, a agência que gere a dívida pública do país, vai emitir na quarta-feira Bilhetes do Tesouro (BT) a seis e a 12 meses, num montante global indicativo que oscila entre os 1.250 milhões e os 1.500 milhões de euros, naqueles que serão o 14.º e o 15.º leilões deste instrumento de dívida desde janeiro.

A última emissão de BT a seis meses foi realizada em junho, tendo sido emitidos 450 milhões a 1,041%, ao passo que a mais recente emissão de BT a 12 meses decorreu em maio, altura em que foram colocados 1.250 milhões de euros a 1,232%.