Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Política orçamental em Portugal foi complemente indisciplinada - chefe de missão do FMI

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 12 dez (Lusa) - O chefe da missão do Fundo Monetário Internacional em Portugal, Abebe Selassie, afirmou hoje que a política orçamental foi completamente indisciplinada nos últimos anos e que houve um falhanço no controlo e monitorização do setor privado.

"A política orçamental foi completamente indisciplinada", afirmou hoje o responsável, que falava durante uma apresentação na ordem dos economistas sobre causas e soluções para a crise económica e financeira de Portugal.

Na exposição onde apontava as causas da atual crise em Portugal, Abebe Selassie afirmou que a principal característica que distingue os problemas de Portugal dos restantes países da periferia europeia em dificuldades é a elevada alavancagem, tanto das empresas como das famílias.