Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PME portuguesas são as que mais se queixam dos juros dos empréstimos - relatório

Lusa economia

  • 333

Bruxelas, 14 nov (Lusa) -- As Pequenas e Médias Empresas (PME) portuguesas são as que mais se queixam das taxas de juro dos empréstimos bancários, mas também são das mais otimistas numa evolução da situação, revela um relatório hoje divulgado em Bruxelas.

De acordo com um inquérito sobre o 'acesso ao financiamento' em 2013, realizado em conjunto pela Comissão Europeia e pelo Banco Central Europeu (BCE) junto de cerca de 15.000 empresas na Europa (500 das quais portuguesas), 15% dos gestores de PME na Europa apontaram o acesso ao financiamento como o segundo maior problema que enfrentam (apenas superado pela dificuldade em encontrar clientes), sendo esse valor um pouco superior em Portugal (19%).

Questionados sobre o fator que constitui o maior constrangimento à obtenção de financiamento externo para poderem fazer as empresas crescer, seis em cada 10 gestores portugueses (61%) apontaram as taxas de juro como o maior obstáculo, o que constitui, de forma destacada, o valor mais elevado na UE (o segundo, da Roménia, é de 48%, e a média comunitária de apenas 19%).