Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PM japonês insta banco central a elevar meta da inflação

Lusa economia

  • 333

Tóquio, 13 jan (Lusa) -- O primeiro-ministro nipónico, Shinzo Abe, instou hoje o Banco do Japão (BOJ) a traçar formalmente o objetivo de situar a inflação em 2 % a médio prazo, de modo a mostrar a sua determinação no combate à persistente deflação que afeta a terceira economia mundial.

Em declarações à televisão pública NHK, o chefe de Governo japonês indicou que o atual objetivo do BOC de registar uma inflação na ordem de 1 % carece de "uma forte determinação", pelo que a par do Governo, o banco central deve estabelecer a meta "mais definida" de a levar aos 2 %.

O emissor japonês e o Executivo estudam emitir um comunicado conjunto em que reconheceriam essa meta, que poderá ser publicado ainda este mês, após a reunião da comissão de política monetária do BOJ, prevista para os dias 21 e 22.