Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PM da Grécia ameça com saída do euro caso Parlamento não aprove mais austeridade

Lusa economia

  • 333

Atenas, 04 nov (Lusa) -- O primeiro-ministro da Grécia, Antonis Samaras, e o seu aliado socialista, Evangélos Venizélos, ameaçaram hoje com a saída do euro caso o parlamento não aprove na próxima semana o plano exigido pela Comissão Europeia e Fundo Monetário Internacional.

Os votos cruciais na quarta-feira, sobre um plano de cortes orçamentais na ordem dos 18 mil milhões de euros, e domingo, sobre o orçamento para 2013, são a condição para que a Grécia "termine definitivamente e irrevogavelmente" com o perigo de um regresso ao dracma (antiga moeda grega), afirmou Antonis Samaras.

"Nós temos de salvar o país da catástrofe (...), se nós não conseguirmos continuar no euro, nada fará sentido", insistiu, quando se dirigia ao seu grupo parlamentar conservador.