Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Philips anunciou corte de 2.200 postos de trabalho até 2014

Lusa economia

  • 333

Amesterdão, 11 set (Lusa) -- A Royal Philips Electronics NV, o maior fabricante de produtos de iluminação, anunciou hoje que planeia cortar 2.200 postos de trabalho até 2014 para poupar 383 milhões de dólares por ano.

O presidente executivo da Philips, Frans van Houton, explicou, citado em comunicado, que a empresa precisa de poupar para "minimizar os efeitos da situação macroeconómica atual".

Houton disse que a necessidade de cortar empregos é "lamentável" e remeteu mais explicações para uma conferência de imprensa prevista para hoje.