Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Península ibérica começa a recuperar mas será "viagem lenta" -- presidente CHP

Lusa economia

  • 333

Madrid, 16 set (Lusa) - O presidente da Câmara Hispano-Portuguesa deixou hoje um voto de "confiança objetiva" perante os primeiros sinais de melhoria das economias ibéricas, apesar do que diz será uma "viagem lenta" na recuperação e criação de emprego.

"Será uma viagem lenta para a região ibérica. Mas não há mais remédio, não há outra alternativa. E só a podemos concretizar se avançar a zona euro e se se mantiver o acesso competitivo dos nossos países, das nossas empresas, aos mercados financeiros", considerou Antonio Calçada de Sá.

"Dos governos esperamos reformas que garantam maior flexibilidade no mercado laboral, impulsionando mecanismos de ajudas às PME, para estimular o financiamento e que os impostos sejam acelerador e não travão no crescimento e desenvolvimento económico", sublinhou.