Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Património da Câmara de Faro sem compradores após sete hastas públicas

Lusa economia

  • 333

Faro, 15 nov (Lusa) - A maioria do património que a Câmara de Faro tem à venda continua sem compradores, mesmo após o lançamento de sete hastas públicas, nos últimos três anos, disse hoje à Lusa o presidente da autarquia, Macário Correia.

Na sexta-feira termina o prazo de apresentação de propostas para a compra de quatro prédios localizados na Vila Adentro, entre os quais o edifício do antigo Magistério Primário e da Escola Profissional D. Francisco Gomes.

"Por enquanto não há sinais de grande agitação no mercado", referiu à Lusa Macário Correia, sublinhando que será difícil que apareçam propostas para a compra daqueles imóveis tão em cima da hora. Esta é a sétima hasta pública que a autarquia lança em três anos, depois de já ter posto à venda terrenos para quase 300 fogos habitacionais, a antiga Fábrica da Cerveja e um terreno para a construção de um hotel de quatro estrelas, na Penha.