Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Oposição acusa Gaspar de não querer "dar a cara" pela reforma do Estado

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 25 jun (Lusa) -- A oposição acusou hoje o ministro das Finanças de não querer "dar a cara" pela reforma do Estado, uma acusação a que Vítor Gaspar respondeu com a necessidade de apresentar as medidas como "um todo coerente".

O deputado Pedro Filipe Soares, do BE, disse, na comissão parlamentar de Orçamento, Finanças e Administração Pública, que "a reforma do Estado é a batata quente nas mãos do Conselho de Ministros" e sublinhou que o calendário para a apresentação dos cortes na administração pública "foi alterado várias vezes".

"O ministro responsável garantiu, a 30 de maio, que o calendário seria apresentado até 20 de junho. Estamos a 25 e nada. Nós sabemos bem o que aí vem, o senhor ministro sabe bem o que aí vem e por isso é que não quer dar a cara por essas medidas", lançou o deputado bloquista.