Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2014: PCP acusa Governo de criar Estado mínimo para famílias e Estado máximo para grandes grupos

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 23 out (Lusa) -- O deputado comunista Paulo Sá afirmou hoje no parlamento que o Governo pretende "reconfigurar o Estado" para ter um Estado mínimo para as famílias e um Estado máximo para os grandes grupos económicos.

"O Governo está a reconfigurar o Estado para atingir um Estado mínimo para as famílias e para os pequenos empresários e um Estado máximo para a banca e para os grupos económicos", disse Paulo Sá na comissão parlamentar de Orçamento, Finanças e Administração Pública onde está a ser ouvida a ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque.

O deputado do PCP afirmou o Governo está a realizar cortes na despesa pública "à custa de salários, de pensões e de prestações sociais" e de cortes sucessivos nas áreas da saúde e da educação, mas que há "despesas que são sagradas", como é o caso dos juros da dívida pública, os encargos com as Parcerias Público-Privadas (PPP).