Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2014: "Não há plano B", garante Maria Luís Albuquerque

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 15 out (Lusa) - A ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, manifestou hoje confiança de que as medidas inscritas na proposta de Orçamento do Estado (OE) para 2014 serão bem acolhidas pelo Tribunal Constitucional, garantindo que "não há plano B".

"Estamos a conceber as medidas na convicção de que o Tribunal Constitucional compreenderá que as medidas são necessárias, justas e equitativas", disse a governante em conferência de imprensa.

Maria Luís Albuquerque reconhece que os investidores estão alertados para o risco de as medidas não passarem pelo crivo do TC, mas diz que apenas se trata de "um risco específico para Portugal", num contexto em que as incertezas e os riscos estão sempre presentes nas políticas orçamentais de todos os países.