Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Receita fiscal tem de crescer mais para cumprir meta do Retificativo - UTAO

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 05 jun (Lusa) -- A receita fiscal terá de ter crescer de forma mais acentuada ao longo do ano caso contrário não cumprirá a meta já atualizada no Orçamento Retificativo entregue na semana passada à Assembleia da República, considera a UTAO.

Numa análise preliminar ao Orçamento Retificativo hoje entregue aos deputados, os técnicos independentes da Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO) notam que a receita fiscal tem vindo a crescer nos primeiros quatro meses do ano, mas ainda assim precisa de crescer mais para atingir a meta.

"Ainda que a receita fiscal se encontre em recuperação nos primeiros meses de 2013, será necessário um desempenho ainda mais positivo ao longo do ano para cumprir a nova previsão de receita fiscal", diz a UTAO, salientando no entanto que o efeito da reposição dos subsídios depois do chumbo do Tribunal Constitucional só terá efeitos na parte final do ano e que as mudanças na dedução do IVA em IRS podem também ter efeitos positivos.