Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Provedor de Justiça surpreso com decisão sobre Contribuição Extraordinária de Solidariedade

Lusa economia

  • 333

Mirandela, 06 abr (Lusa) -- O Provedor de Justiça, Alfredo José de Sousa, manifestou hoje surpresa com a viabilidade do Tribunal Constitucional (TC) ao artigo sobre a Contribuição Extraordinária de Solidariedade.

A medida aplicada aos reformados e pensionistas foi uma das normas do Orçamento do Estado para 2013 que o Provedor pediu para ser declarada inconstitucional, junto com o corte do subsídio de férias dos pensionistas.

"Era aquela em que a maior parte dos constitucionalistas e dos fazedores de opinião julgava que o Tribunal Constitucional iria declarar inconstitucional, afinal tal não aconteceu", declarou aos jornalistas, em Mirandela, onde participou num debate sobre o poder local.