Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Medidas anunciadas vão forçar famílias a práticas ilícitas e economia paralela - fiscalista

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 12 out (Lusa) -- O novo pacote de austeridade força muitas famílias a recorrer a práticas ilícitas e de economia paralela, disse à Lusa o fiscalista Nuno Sampayo Ribeiro numa análise ao Orçamento de Estado para 2013.

"O aspeto mais nefasto deste novo pacote de austeridade é que força muitas famílias a situações desesperadas e de subsistência através de práticas ilícitas e de economia paralela", afirmou Nuno Sampaio Ribeiro.

Segundo o fiscalista, este Orçamento e as consequências que terá na vida das famílias portuguesas constituem uma violação de uma das principais obrigações do Estado: "proteger os cidadãos e orientá-los no sentido do bem comum".