Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Economistas e gestores divididos sobre corte de salários no IRS

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 27 set (Lusa) - O corte de um salário, que se antecipa como uma medida que o Governo incluirá no próximo Orçamento do Estado, mereceu hoje opiniões divergentes de vários economistas e gestores participantes na conferência Portugal em Exame.

Carlos Tavares, presidente da Comissão do Mercado dos Valores Mobiliários (CMVM) defendeu que o Governo deve privilegiar "uma solução mais equitativa do que a anterior", assente na redução salarial da função pública.

Por outro lado, afirmou o mesmo responsável no evento organizado pela revista Exame, do grupo Impresa, "subestima-se a função pública", e a adoção de "medidas gerais só ajuda a expelir os bons quadros que há na administração pública".