Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Défice melhora 865 milhões em maio devido ao aumento do IRS e IRC

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 25 jun (Lusa) -- O défice das administrações públicas melhorou 865 milhões de euros em maio, de acordo com a contabilidade da 'troika', devido ao aumento dos impostos diretos, IRS e IRC, em 21,8%.

De acordo com a síntese de execução orçamental divulgada hoje pela Direção-Geral do Orçamento, o défice para efeitos de programa caiu para os 1.536,3 milhões de euros em maio, contra 2.401 milhões de euros que se verificavam no final de abril.

"Em maio registou-se um excedente de 865 milhões de euros no saldo das Administrações Públicas de acordo com o critério do Programa de Ajustamento Económico e Financeiro (PAEF). Para este excedente, contribuíram todos os subsetores com exceção da Administração Regional, que observou um défice de 88 milhões de euros. Assim, o saldo provisório das administrações públicas até maio, relevante para efeitos de aferição do cumprimento do PAEF, teve uma melhoria significativa, situando-se, no final de maio, em Euro -1.536,3 milhões", diz a DGO.