Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Corte nas transferências para as Fundações passa de 30% para 50% em 2013

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 17 nov (Lusa) - A maioria parlamentar PSD/CDS-PP quer alargar de 30% para 50%, só em 2013, o corte aplicado no financiamento das Fundações que o Governo já decidira que sofreriam redução nas transferências que recebem de entidades públicas, admitindo ajustes.

A medida é justificada pelos dois grupos parlamentares que suportam a maioria como "uma medida excecional de estabilidade orçamental" e especifica que esta se aplica "durante o ano de 2013", relativas aquelas fundações que o Governo tinha decidido a 25 de setembro que sofreriam um corte de 30%.

PSD e CDS-PP admitem no entanto que as fundações podem "em situações excecionais e especialmente fundamentadas beneficiar de limites de agravamento inferior" aos 50% previstos agora nesta proposta de alteração, desde que autorizados em despacho por membros do Governo responsáveis pelas áreas das finanças e da tutela.