Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: Ainda não é possivel garantir cumprimento do défice este ano - UTAO

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 02 out (Lusa) - A Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO) estima que "existe margem para acomodar o défice" de setembro, cumprindo o limite trimestral, mas alerta que "ainda não é possível garantir que o mesmo venha a suceder" para o limite anual.

Na avaliação à síntese de execução orçamental de agosto, a que a Lusa teve acesso, a UTAO refere que o défice orçamental até agosto se fixou "consideravelmente abaixo do limiar estabelecido para o período janeiro-setembro", ressalvando, no entanto, que o limite para o terceiro trimestre deste ano foi revisto em alta na sétima avaliação ao programa (dos 6.000 milhões para os 7.300 milhões de euros), o que significa que "existe margem para acomodar o défice do mês de setembro".

Contudo, os técnicos independentes que dão apoio à comissão parlamentar de Orçamento, Finanças e Administração Pública consideram que "ainda não é possível" aferir se o limite anual do défice orçamental, fixado nos 8.900 milhões de euros, vai ser cumprido ou não.