Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2013: AEP diz que redução de IRC para 10% é "extremamente importante" para atrair novo investimento

Lusa economia

  • 333

Porto, 05 nov (Lusa) - O presidente da AEP, António Barros, considerou hoje que o orçamento "é mais dramático para o consumo do que para a reindustrialização", defendendo que a eventual redução de IRC para 10% é "extremamente importante para a atração de novo investimento".

Em declarações aos jornalistas no final de uma audição com os deputados do PS eleitos pelo Porto sobre o impacto do Orçamento do Estado para 2013 na economia da região, o presidente da Associação Empresarial de Portugal (AEP) considerou que "este orçamento é mais dramático para o consumo do que para a reindustrialização".

"No caso da reindustrialização e do investimento eu até lhe digo que este orçamento traz algumas notícias boas. A taxa que é anunciada de IRC de 10% é extremamente importante para a atração de novo investimento", considerou.