Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2012: Problema nas contas orçamentais devem-se a previsões otimistas e impacto das medidas - Teodora Cardoso

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 18 set (Lusa) - A presidente do Conselho de Finanças Públicas, Teodora Cardoso, considerou hoje que o problema da execução orçamental deste ano aconteceu devido a uma previsão otimista de receita e ao impacto das medidas na economia.

Na apresentação de um relatório do conselho a que agora preside, a ex-administradora do Banco de Portugal abriu uma única exceção para falar sobre os problemas revelados na execução orçamental, explicando que estes se devem essencialmente a questões do lado da receita e não da despesa, por duas razões.

"O problema de facto ocorreu do lado da receita. Do lado da receita há duas questões que estão na origem disto, um deles está na própria previsão de receita, a outra está na interação entre as medidas de política e a economia", afirmou Teodora Cardoso.